porMonica Macedo Costa

Como garantir a melhor experiência ao seu cliente?

 

Para que a experiência do seu cliente seja satisfatória ao desenvolver o design do seu site, você deve seguir alguns conceitos de usabilidade para disponibilizar

 uma plataforma que seja acessível para todos, ou seja, seu site deve ter um grau de facilidade que possibilita que todos os usuários consigam usar, dos mais experientes aos totalmente leigos no mundo da internet.

 

Mas quais são os conceitos da usabilidade?

A usabilidade aborda a forma de como o usuário se comunica com a máquina, e como a tecnologia responde a cada ação interação do usuário, considerando as seguintes habilidades de acordo com a norma ISO 9241.

  • Sistema intuitivo (facilidade de aprendizado): a utilização do sistema requer pouco treinamento;
  • Fácil de memorizar: O usuário deve lembrar como utilizar a interface depois de algum tempo.
  • Aumentar a produtividade: a interface deve permitir que o usuário realize a tarefa de forma rápida e eficiente;
  • Minimizar a taxa de erros: caso aconteçam erros, a interface deve avisar o usuário e permitir a correção de modo fácil;
  • Maximizar a satisfação do usuário: a interface deve dar-lhe confiança e segurança.

A usabilidade garante que o sistema é eficiente e eficaz. Quando dizemos que um sistema é eficiente, estamos afirmando que os seus usuários conseguem ter um ganho de produtividade sem demandar várias horas de treinamento para entender como o sistema funciona, porque além de promover uma interface intuitiva, ele promove uma boa experiência de navegação e possui um ambiente agradável. Já a eficácia pode ser definida como a capacidade do sistema e da interface possibilitarem aos seus usuários a conclusão de todos os seus objetivos no sistema.

A experiência dos clientes no seu site pode ser um fator determinante para o sucesso do negócio.  Não adianta entregar algo que ninguém tenha interesse em usar.

Você deve assegurar-se que quando um novo usuário acessa o seu site, ele consiga localizar e entender rapidamente tudo o que você está disponibilizando nesse ambiente.

Se você quer ter um sistema com um nível de usabilidade satisfatório, mas do que entregar um produto final para o seu cliente, você deve entregar uma experiência inovadora que vai fazer com que ele se encante a ponto de indicá-lo para os seus amigos.

 

 

 

 

Conheça as 8 regras essenciais da usabilidade

 

  • Falar a linguagem do usuárioA terminologia da interface deve conversar com o usuário utilizando linguagem comum, evite termos técnicos originados do sistema.

 

  • Não exija muito da memória do usuário: Não obrigue ao usuário memorizar informações que o sistema pode fornecer, se possível faça perguntas que a resposta seja apenas sim ou não.

 

  • Realize diálogos simples e naturais: As interfaces de usuários devem ser o mais simples possível, e devem apresentar apenas as informações necessárias.

 

  • Feedback: O sistema deve informar para o usuário todas as ações que ele está executando.

 

  • Atalhos: O sistema deve ter atalhos para acessar rapidamente as operações que são utilizadas com mais frequências

 

  • Consistência: Uma mesma ação ou um mesmo comando deve ter sempre o mesmo efeito. Padronize a localização de uma mesma ação em todas as telas do sistema, isso facilita a familiarização do usuário com todas as áreas do sistema.

 

  • Boas mensagens de erro: As mensagens de erros devem ser claras e objetivas, para ajudar o usuário a resolver o problema sem intimidá-lo.

 

  • Prevenir erros: Prevenir os erros é sempre a melhor solução, se você notou que uma determinada área está induzindo os usuários aos erros, é hora de melhorar a interface para que esses erros deixem de acontecer.

A regra para garantir uma boa usabilidade é quando errar, descubra cedo e conserte o mais rápido possível.

 

Deixe uma resposta